E A C O E L H O

UM PRETENSO POETA

Textos

SOB O MANTO DA NOITE

E a noite chega,
Estende-se pelo mundo que avisto,
Embriaga meus sentidos e bole minhas lembranças.

A noite sempre me faz bem,
Talvez porque ela resguarde as intimidades,
Todas as intimidades descarregadas no pensar,
Principalmente as minhas.

A noite me protege, sempre.
Assim como as madrugadas desamarram meus verbos,
Soltam meus versos e eu me solto.

Solto,
Transformo-me no poeta que a noite protege.
EACoelho
Enviado por EACoelho em 28/03/2017


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras