E A C O E L H O

UM PRETENSO POETA

Textos

DAS MENTIRAS

Hipocrisia negar as mentiras,
Prepotência querer perpetuá-las,
Demência pretender torná-las verdades,
Vã inocência estendê-las.

As mentiras são como estrelas,
As verdades como um céu inteiro,
Vivamos então a grande verdade,
Mesmo que salpicada de mentiras.

O viver precisa ser composta de uma grande verdade,
Temperada das inevitáveis pequenas e esparsas mentiras,
Pois que viver uma só e grande mentira,
Não obstante ladeada de infindas pequenas verdades,
É rastejar na sarjeta onde defecam as bestas,
A caminho de um poço infinito de arrependimento.
EACoelho
Enviado por EACoelho em 17/08/2016
Copyright © 2016. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras