E A C O E L H O

UM PRETENSO POETA

Textos

AMOR DIVERSO

Teu jeito brando - quase candura,
Que afaga meus olhos - até meu interior,
Como as águas das baías - ternas,
Como a brisa de final de tarde - regozijante.
Lembrando um bebê que dorme.

Quando te acendes - e me acendes,
É chama que se faz - em nós ,
Malícia nos olhos - cumplicidade,
Lascívia nos risos - entendimento,
Paixão que domina - desejos,
Pecado materializado - tudo.

Se estás longe, a saudade dói, arde, inflama,
Vejo-a nas fantasias que a distância constrói,
Imagens se projetando aos olhos, na mente,
Revezando a candura do riso da mulher menina,
E os olhares sorrateiros, em chama, da menina mulher.
EACoelho
Enviado por EACoelho em 23/12/2015


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras