E A C O E L H O

UM PRETENSO POETA

Textos

CULPA

As culpas acumuladas forjam a tristeza em constância,
Pesam sobre a consciência e trancafiam o semblante,
Que amargam os dias e acidulam os momentos.

Não se culpe dos erros, corrija-os no porvir,
Arrepender-se não maltrata, estimula os acertos,
A culpa não - esta é a carrasca do bem viver.

A culpa aniquila o orgulho proativo,
Desestimula os sonhos, castra as iniciativas,
Transforma a vida num derramar de fel,
Aniquilando a esperança, azedando o viver.

A admissão dos erros é salutar,
O arrependimento permite o constante melhorar,
A culpa maltrata como madrasta que se culpa.
EACoelho
Enviado por EACoelho em 12/11/2015


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras