E A C O E L H O

UM PRETENSO POETA

Meu Diário
27/04/2014 12h05
FAZ TEMPO

Faz muito tempo que não escrevo nada aqui neste espaço.

 

Evidente que minha adolescência se foi há tantos anos, remotos anos, que já não me sinto a vontade para ficar postando um diário. Não deveria, contudo, deixar transcorrer  tanto tempo sem manifestar um pouco dos meus pensamentos e conceitos diante da vida que corre, aceleradamente.

 

Desde 2011 que muita coisa mudou.  Sou um ser absolutamente mutante, mesmo diante do aparente  conservadorismo com que muitos olhos me enxergam.  Nesses três anos que transcorre da última vez que escrevi aqui,  minha vida deu uma guinada grande. Muito grande.

 

Na época, eu estava  muito empolgado com o fato de voltar a escrever. Depois de mais de uma década sem escrever nada, havia descoberto as comunidades poéticas para divulgar meus escritos e isso me motivava.

 

Havia descoberto este espaço e isso também me motivava. Produzia muito, fossem poemas, crônicas e mesmo artigos, textos mais amplos, mais complexos, com o que registrava e manifestava meus conceitos sobre os mais diversos temas.

 

Só nos empolgamos, só nos motivamos, nesse exercício de escrever, quando deslumbramos a possibilidade de que o que dizemos pode, o que transmitimos, pode contribuir com outras pessoas. Só nos motivamos, só me motivo, quando imagino que minhas palavras, minhas colocações contenham valores que sejam reconhecidos.

 

Passada, pois, a empolgação das descobertas, caí no mesmo ostracismo. Sim, ostracismo. Passei a perceber que meus escritos nada diziam, nada refletiam, ou pelo menos não obtinha nenhum feedback  reconhecendo valores do que escrevia.

 

Amigos não valem nesse sentido. Para os amigos, a gentileza é normal e gentileza não vale quando se fala de valores  públicos, que é o que se busca quando se escreve publicamente.

 

Assim é que tenho escrito muito pouco. E cada dia menos.

 

Quem sabe novos motivos me levem a me debruçar sobre o teclado e produzir mais.

 


Publicado por EACoelho em 27/04/2014 às 12h05
Copyright © 2014. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Site do Escritor criado por Recanto das Letras